Bérgamo – o mais belo bate e volta a partir de Milão – Itália

         Apesar de ter tido o privilégio de morar 6 meses em Bérgamo, me detive, por enquanto, a escrever apenas sobre os melhores lugares(durante 1 dia) que poderá visitar nessa cidade linda, estilo romântico medieval, organizada, verde e de grande importância histórica.

lombardia1.png      Bérgamo faz parte da belíssima região da Lombardia(conhecida por ser a mais rica região do país , com geografia montanhosa e cheia de lagos lindos) e está apenas há 40 minutos de trem de Milão. A cidade é muito bem estruturada no que diz respeito a transportes para chegar até ela. Tem um Aeroporto Internacional de onde a RYANAIR (empresa de low cost européia) opera muitos vôos para destinos como: Porto,Lisboa, Paris, Londres, Milão e etc… A estação de trem central que recebe trens das principais cidades da Italia, e inúmeras linhas de ônibus entre cidades.

        Bérgamo tem o tamanho ideal de uma cidade perfeita para passar o dia e voltar se estás hospedado em Milão! Mas isso nao quer dizer que seja tao pequena pois alem de Bergamo central tem mais de 244 comunes , sendo ela a capital. Há varias comunes lindas, todas são bem estruturadas e independentes, ha também estações de esqui e imensos parques naturais.

     Chegando de trem eu começaria o trajeto turístico caminhando mesmo, desde a estação de trem até a Porta Nova, onde começa o centro da cidade baixa, com varias lojinhas e no final uma pequena pracinha com fonte, igrejinha e varias cafezinhos.

      Depois seguiria para pegar o funicular para subir ao Bairro alto (Citta Alta) o bairro mais antigo de Bergamo, que guarda entre suas muralhas medievais, tanta beleza e segredos…tantos caminhos, ruelas, lojinhas…parece uma cidade adormecida e nos remete tanta nostalgia, curiosidade, parece que estamos num filme medieval.

    A Piazza Vechia é sem duvida a primeira parada da cidade alta, onde poderá subir na Torre Cívica (e ter uma primeira vista arrebatadora da cidade baixa) e entrar na Basilica de Santa Maria Maggiore. Se houver tempo e vontade para um sorvete ou café, escolha o restaurante tradicional La Marianna.

 

Logo depois parta para o próximo funicular St Vigilio que te levará para o ponto mais alto da cidade.

 

Chegando la encima não deixe de visitar o castelo St Vigilio, passear pelas ruas lindas, ter a vista mais arrebatadora. Poderás apreciar bons vinhos e almoçar em restaurantes com vistas únicas e cardápio excelente.

 

      Na volta, arrisque-se a ativar o maps e descer a pé, se puder não perca essa oportunidade, poderás encontrar bosques, cascatas, vilarejos, animais, caminhos lindos, e vistas incríveis . O trajeto deve durar desde St Vigilio ate a cidade baixa, de 45 a 60 minutos (sem muitas paradas / o que é difícil visto que cada lugar é mais lindo que o outro).

  Ao chegar la embaixo, se houver tempo, visite o parque Suardi ou passeie pela charmosa Via Tasso, antes de voltar para estação de trem de volta para Milão.

Nosso passeio/ trilha da cidade baixa para a cidade alta – Outono/2017:

Segue fotos diversas desse lugar apaixonante…inesquecível…. um verdadeiro sonho!

Estações (Outono e Inverno)

 

Mais informações

Ao chegar a Bérgamo, dirija-se ao escritório de informação turística da cidade e solicite todo material impresso disponível. O atendimento é bom e recebemos dicas, mapas, endereços, horários, preços, ou seja, tudo necessário para otimizar nosso roteiro turístico. São 3 escritórios (I.A.T), no aeroporto, na cidade baixa e na alta:

  • Bérgamo Alta na Via Gombito, 13 Tel. +39 035 242226 turismo@comune.bg.it
  • Bérgamo Baixa na V.le Papa Giovanni XXIII, 57 – Urban Center Tel. +39 035 210204 turismo1@comune.bg.it
  • Aeroporto de Bergamo Orio al Serio na parte de desembarque Tel. +39 035 320402 airport@visitbergamo.net

Site oficial da cidade: http://www.visitbergamo.net

Radio Taxi http://www.radiotaxibergamo.it +39 035 4519090

Os horários dos restaurantes no geral são de 12h – 14h 30min almoço e 19h – 22h 30min jantar.

Se precisa de um guia ou agente de viagens para organizar seu tour pela Europa, ou simplesmente quer saber mais como é morar em Bergamo!

Pode contar comigo através de contato por email takeabrekeviaje@hotmail.com

Karolina Maia

…Deixando o Brasil outra vez… e um pouco do sentimento de quem ja foi expatriado!

        Como experimentar pela primeira vez viver em uma das praias mais lindas do Estado do Rio de Janeiro e não se apaixonar? Como não se encantar de novo pela espontaneidade do nosso povo depois de experimentar uma cultura mais conservadora?

21083469_1390518611066650_9178889571026103734_o
Praia de Icaraí, Niterói, Brasil.

       Como não agradecer por termos o clima mais gostoso do mundo inteiro… Pois é… Poderia falar mil coisas sobre as vantagens de ter estado por aqui esse ano. Mas também, infelizmente, poderia falar 2000 outras coisas bem difíceis de lidar que fazem referência direta a grandes perigos, estilo de vida,  valores morais e perspectivas de futuro.

        Ser expatriado é estar de alma entregue às mais diversas sensações que se pode imaginar! Ser expatriado é sentir na pele o que é SAUDADE de verdade, SAUDADE de tudo o que te compõe como ser humano …tudo o que te fez ser o que és, e de cultura (de família, de cidade, de país) isso tudo é coisa séria, muito séria, difícil de vencer …. Superar todas essas sensações significa entregar-se gradativamente ao novo e a tudo o que o novo mundo têm pra te oferecer…e isso também é coisa muito séria… A partir dai um outro ser humano entra em transformação…sua cultura MUDA e se expande… seus valores e paradigmas se adequam ao mundo numa dimensão que só quem vive ou estuda muito sobre países, culturas e estilos de vida, consegue entender. Novos amigos no mesmo barco ou nāo, de diferentes países( ou não) vão tomando conta do nosso coração e compartilhando informações novas, curiosas e semelhantes… A referência de semelhante, a empatia, a amizade e os valores das pessoas já não mais se restringe a quem está alí sempre perto, num mesmo espaço geográfico, com mesma cultura…se expande. Ilimitam-se as possibilidades de também ser feliz de um modo inteiramente novo, fazendo  amigos queridos que tenham nascido em qualquer parte desse planeta. Tem tanta gente linda e boa nesse mundão e isso é incrível e nos apodera de uma coragem que poucos entendem.

          caminho1           Dentro dessa perspectiva eu não quero dizer que o expatriado que supera toda essa coisa da saudade, da própria identidade cultural e etc… se torna o super herói do mundo pronto pra tudo…..não mesmo. A gente só se sente(por muitas vezes) incompreendido no próprio país como novo ser transformado pelo mundo… o que é absolutamente normal já que dentro do Brasil nos isolamos muito de tudo o que é internacional. O  gigante Brasil se fecha pelo idioma, por um sistema educacional que não estimula o aprendizado correto de novas línguas desde cedo, por uma mídia concentradora,  por uma política de Turismo Internacional fraca e etc, etc e etc….

        Saí pela primeira vez do Brasil em 2011, voltei em 2017…Houve uma grande mudança de lá pra cá , a ponto de não conseguir assistir o jornal mais de 1 x durante todo o ano. Escândalos absurdos de corrupção, números inacreditáveis de homicídios por mês e uma sensação de depressão assola as pessoas por todos os lados ( foi tanta ilusão e desilusão nesse meio tempo, o povo cansou…) cansou de sonhar, de ser aquele povo que não se entrega nunca. Algo muito diferente tem que acontecer pra que a vibração comece a gritar positivamente mudando a frequência em que estamos.

               E a sensação de ter que deixar o país de novo mas agora com meu filho de 3 anos que tanto precisaria da família perto, é de indignação, tristeza, reflexão e desânimo. Não é de alívio, alegria e orgulho ( como vejo muita gente por ai fazendo não). O Brasil é , e sempre vai ser o país da minha vida, do meu coração , identidade forte do que sou. Nunca, nada, nem ninguém tira a brasilidade que existe em mim, nem que eu quisesse isso seria possível, algumas recaídas devem ainda acontecer,  muita nostalgia irá rolar e no futuro meu filho vai querer saber muito, muito sobre o Brasil..o país que também é dele .  Continuarei em minha orações pedindo muito pra papai do Céu cuidar dessa nação amada e um dia eu ainda quero voltar e contribuir com meu país! Por enquanto tentaremos sobreviver fora, pois por aqui questões básicas foram extremamente abaladas e não queremos pagar pra ver.

fanfiction-amor-doce-o-despertar-3708253-110720152106

Há muita tristeza em escrever esse post, por todas as pessoas lindas que apareceram no nosso caminho esse ano que apesar de tudo com sorrisos e felicidade fizeram toda a diferença.

Um desabafo que creio que muitos que passaram pelo mesmo devem se identificar!

 

Tchau Brasil… Que  seja muito bem vinda nova vida nova em algum lugar!

 

Experiências, um pouco dos costumes e a vida de expatriado em Doha/Catar – Oriente Médio. (Parte 2)

11537533_10206494283703350_4834189935630400240_o

          Continuando e recapitulando um pouco. Eu cheguei em Doha em Setembro de 2011 e sai de la em Junho de 2016. Durante esses quase 5 anos aconteceram muitas coisas importantes e transformadoras. Nesse post vou compartilhar um pouco da minha experiência pessoal em Doha como expatriada, brasileira e mulher.

          É interessante chegar em Doha com algum nível de inglês,  se você está com visto de dependente do marido ou da esposa porque obviamente ele(a) já é fluente em inglês,  mesmo que você não consiga se prolongar numa conversação, mas que possa entender e fazer-se entender com o básico para pegar um taxi, fazer compras no supermercado e etc. Depois disso procure imediatamente um curso intensivo e se vire nos 30, assim eu fiz. A vida sem inglês pode ser muito dura e solitária.

        Sou formada na Área de Turismo e tinha bastante experiência na área de operações Turísticas, chegando em Doha procurei trabalho em todos os lugares do Trade Turístico  e quando eu dizia minha pretensão salarial (igual a do Brasil) eles riam de mim… depois de alguns episódios desisti da minha área, entendi que a mão de obra não precisava ser qualificada eles queriam apenas pagar barato para filipinos ou indianos e pronto. Resolvi mudar e fazer trabalhos temporários para ter qualquer experiência por lá : recepcionista, manequim, comerciais e eventos em geral… o que pagam por hora é quase sempre satisfatório e era uma grande oportunidade de praticar inglês, fazer contatos e ganhar experiência.  Segue algumas fotos desses trabalhos:

         Depois começou a pintar a vontade de ganhar dinheiro com uma frequência certa e adquirir uma experiência diferente. Finalmente o meu espanhol fluente me deu a grande oportunidade de ser professora em um jardim de infância árabe. Planejava as aulas, executava e consegui fazer os pequeninos entrarem no ritmo latino… Eles e eu éramos muito felizes durante as aulas, eu aprendi muito mais do que eles, quem trabalha com crianças sabe do que eu tô falando… Apesar de que para a idade que eles tinham, contar até 10, saludar, perguntar nome, responder e cantar em espanhol, uma língua tão diferente do árabe, ja estava super de bom tamanho. Depois dessa experiência incrível , trabalhei como guia de Turismo, planejei os tours, contratei o motorista e executei os passeios. Amei a experiência de executar o turismo ao vivo e a cores, antes ficava só nos bastidores.  Pois bem, meu principezinho nasceu, e fiquei um tempo sem trabalhar até aparecer a oportunidade incrível de trabalhar como líder de sala na mesma escolinha em que ele iria ficar. Uma nursery britânica linda chamada Apple Tree (super recomendo para quem tem filhos pequenos). Lá foi onde eu mais aprendi sobre padrões de educação infantil, organização, rotina, eventos com crianças e é claro, um super salto no inglês. Segue fotos com minhas assistentes do Sri Lanka e da nossa salinha, das crianças não posso colocar mas posso dizer que cada criança tinha uma nacionalidade diferente:  crianças da Coréia, India, Qatar, Palestina, Eslovênia, Inglaterra, Canadá, Marrocos, França, dentre outras. Uma bela salada mista de crianças lindas, que eram apenas crianças… iguais a quaisquer outras de qualquer lugar do mundo.

       Meu filho nasceu em 2014 e morou no Qatar por 2 anos. Ele também trabalhou, risos…isso mesmo. Foi contratado com 3 meses de vida para ser o protagonista da campanha de divulgação do hospital público do Qatar (Hamad). Ele ganhou uma graninha bacana que veio parar numa Casa de crianças com câncer em Fortaleza Casa do Menino Jesus , é um lugar muito especial, vale a pena fazer uma visita no site (link no nome) ou ir pessoalmente e ajudar no que puder. Segue fotos e vídeo do trabalhinho dele.

link para o comercial, ele aparece a partir do 04:54:

COMERCIAL VIMEO Gabriel

         Para brasileiros que estejam chegando por la, entrem no grupo do facebook Brazilians in Doha e cadastrem-se na embaixada do Brasil em Doha. Estarão bem amparados pelo brasileiros maravilhosos que lá ainda estão. No grupo eles sempre organizam eventos legais. Segue algumas fotinhas do arraia do ano passado.

E no meio dessas e de tantas aventuras pelas arábias, a gente tinha que achar o que fazer naquele país tão pequenininho. Segue alguns lugares que nós encontramos pelo deserto que valem a pena para ter um pouco mais de contato com a natureza exótica deles:

10001506_10203066828179104_1756488025_n
Dukhan Beach
DSCN5561
Road to Dukhan Beach
FB_IMG_1467178555767
Camel Farm in Zegreet
2_Banana_Island_Resort_Anantara_Doha_Qatar_Resort_Ovewater_Villas_at_Night_G-ADOH_2350
Banana Island
17
Dunes – close to Sealine Resort
53296_4645300618001_304135864_o
Purple Island
327672_4256667142407_16957069_o
Film City – Zegreet

379161_2621924034851_2138934198_n

414550_3119473593279_1440990301_o
Zegreet
414757_3129538044884_1877398053_o
Zegreet
620438_4324148509399_443348824_o
Zegreet
665042_4645274417346_640484405_o
Purple Island
zubara-fort
Al Zubairah Fort – Where’s all started
DSCN5883
Dukhan Beach Club

            Têm coisas legais para fazer em Doha e a gente sempre via novidades de restaurantes, baladas, happy hours e alguns passeios  numa revista que se chama Time Out Doha   .

                    Os outros passeios básicos coloquei no primeiro post – Parte 1

E acrescentaria, o Katara Cultural Village, o Souk de Al Wakra, O Mall of Qatar ( aquele mesmo da mesma rede do de Dubai), o Doha Festival City e o Sheraton Park.

         Para quem tá viajando de Qatar Airways por acaso tem conexão em Doha, vale MUITO a pena parar sim, a não ser que seja naquela época onde o calor esta insuportável ( Junho, Julho e Agosto). Tenho colegas brasileiras que trabalham como guia por lá, e agora ficou facinho fazer o visto, basta chegar e fazer no aeroporto mesmo!

         Se você quer viajar para Ásia e tá meio perdido em como montar o roteiro, o que fazer, como destrinchar as passagens e etc… Entrem em contato que trabalho ainda com isso e poderei ser útil como consultora e montando um roteiro personalizado.

Massalama Habibs e habibitis!

Tens uma parada com a Qatar Airways em Doha?

Queres conhecer mais sobre a cidade que sediara a copa em 2022…

Quer um tour Qatar + Sudoeste Asiático?

Quer ideias de roteiros pela Asia, quer saber como economizar no aéreo em viagens para o outro lado do mundo?

Peça já seu orçamento!

Reservas / Consultoria/ grupos ou maiores informações:   takeabreakeviaje@hotmail.com

Experiências, um pouco dos costumes e a vida de expatriado em Doha/Catar – Oriente Médio. (Parte 1)

doha-qatar-skyscrapers-dhow

               26 anos de idade. Era uma noite de setembro de 2011 quando eu chegava em Doha pela Qatar Airways, fui em um vôo direto saindo de São Paulo, foram 14 horas initerrupitas.  Na minha cabeça passava um milhão de coisas… Afinal de contas era apenas uma vida nova, do outro lado do mundo… Quando eu digo uma vida nova, é porque realmente era tudo novo. Eu tinha acabado de casar, ia viver numa nova casa, fazer novos amigos, teria que aprender um novo idioma, tentar encontrar um novo trabalho, estar num lugar onde a religião predominante era outra, estar sem a família perto( o pior) , dentre milhares de coisas diferentes que não caberiam aqui.

                No meu coração, apesar de tanta incerteza, eu sentia algo muito bom, se realmente existe intuição eu tinha ela forte dentro de mim e ela dizia que tudo iria ficar muito bem…sempre.  No fundo eu sempre quiz viver algo bem novo assim, mas nem em sonhos imaginaria que seria tão inusitado e tão longe. A missão foi dada, o coração pediu, eu estava preparada, e  ganhei tanto, mas tanto…em evolução…que hoje sempre que posso encorajo as pessoas a fazerem intercâmbio e arriscar-se sim. Nesse mundo tão globalizado e conectado a gente tem muito o que compartilhar, contribuir, receber,doar e aprender.

           Resumindo rapidinho o que é o Catar para que a maioria possa entender. O Catar é  um país do Oriente Médio banhado pelo Golfo pérsico, da metade do tamanho do estado de Sergipe, o idioma oficial é o árabe mas a grande maioria da população fala inglês. Sua população de estrangeiros não-árabes constituem a grande maioria da população de Qatar; os indianos são a maior comunidade, em número de 545.000 em 2013, seguido por 341.000 nepaleses, 185.000 filipinos, 137.000 bengalis, 100.000 cingaleses e 90.000 paquistaneses entre muitas outras nacionalidades.

A religião predominante é o islamismo. Possui o maior PIB do mundo graças à abundância em recursos naturais como o gás natural e o petróleo. Mas sua primeira fonte de renda  foi o mercado de pérolas.

Abaixo segue um trecho importante da wikipedia sobre a história tão recente do Catar:

“Em 3 de setembro de 1971, o Catar conquistou oficialmente a sua independência do Reino Unido e se tornou um Estado soberano.[31] O governo então decidiu voltar ao realizar o abastecimento de armas para os franceses; essa ligação seria reforçada ao longo do tempo e os franceses se tornariam seu maior fornecedor no novo milênio.[32] Em 1972, o califa bin Hamad al-Thani tomou o poder em um golpe palaciano durante um período de discórdia na família governante. Em 1974, a Qatar Geral Petroleum Corporation assumiu o controle de todas as operações de petróleo no país e o Catar rapidamente cresceu em riqueza.[33] O depósito de gás natural do Campo Norte, então a maior do mundo, foi descoberto por volta de 1976[32] e o país foi um dos primeiros a ter embarcações de gás natural liquefeito.[34]

Em 1991, o Catar desempenhou um papel significativo na Guerra do Golfo, particularmente durante a batalha de Khafji na qual os tanques do país prestaram apoio para unidades da Guarda Nacional da Arábia Saudita, que estava enfrentando o exército iraquiano. O Catar permitiu tropas do Canadá, que eram parte da coalizão internacional, usassem o país como uma base aérea e também permitiu que forças aéreas dos Estados Unidos e da França operassem em seus territórios.[17] “

           O clima é seco e árido na maior parte do ano. De Maio a Setembro – (verão),  o pico de suas temperaturas pode chegar a 50 graus em um desses meses mas vai variar no geral entre 30 e 45 graus Celsius . A melhor época para estar no Qatar sem dúvidas é de Novembro a Fevereiro onde o mínimo pode chegar a 12 graus durante a noite e 19 graus durante o dia.

        O país foi levantado rapidamente graças, principalmente,  à mão de obra barata indiana.   Tudo o que foi construído, assim como em Dubai, carrega traços elegantes de arquitetura e design árabe. E um dos lugares mais incríveis se chama The Pearl , que éuma espécie de Marina construída encima de uma ilha artificial com dezenas de restaurantes, alguns shoppings, lojas, cinema, apartamentos para alugar e vender, hotéis, parque verde,  dentre outros. Segue algumas fotos:

Dentro do complexo na parte do shopping.

IMG_20160614_125800

     Um fato que todo mundo pergunta muito é sobre vestimenta. Não é permitido usar publicamente roupas curtas mostrando grande parte das pernas, também não é legal andar com decotes e mostrar os ombros. Daí todo mundo questiona: E o calor? Bom…posso dizer que sinto menos calor no Qatar que em Fortaleza, por exemplo, pois lá tudo é estruturado com ar condicionados espalhados por todos os lados em ambientes quase sempre fechados.

       Para ir as praias privadas  (de hotéis , resorts ou clubes) podemos usar trajes de banho normais, shorts e roupas convencionais). Para sair a noite também há lugares onde uma vestimenta convencional é permitido, quase sempre os lugares são dentro de hotéis, onde também é permitido o consumo de bebida alcoólica.

        Apesar de  ser um deserto, quase como um passe de mágica o país ganhou seus parques, flores, marinas, lagos artificiais, super shoppings, estradas incríveis, hotéis, resorts e um aeroporto invejável. Lá  a água do mar passa pelo processo de dessalinização e assim abastecem toda a população, o abastecimento da energia elétrica é com o gás natural, eles também importam a grande maioria de seus alimentos e de sua mão de obra…

          O Qatar tem praias lindas, com mar calmo já que o Golfo é abrigado. Durante o verão suas águas são morninhas e a cor do mar é sempre única. Um dos esportes mais bacanas de fazer por lá é i stand up paddle.

20160528_102148FB_IMG_1467178671786

         A sua orla principal se chama Corniche, obviamente fica em um dos bairros mais caros para viver. Nessa região a arquitetura é moderníssima e arrojada, Durante a noite seus prédios ficam iluminados compondo um visual espetacular.

qatar-the-pearl
West Bay a noite

       O meu lugar favorito é onde tudo começou por lá, o mercado típico, Souk Waqif , tem um espaço enorme rústico e sofisticado (ao mesmo tempo) a céu aberto com dezenas de restaurantes de culinária oriental, alguns hotéis, lojas, stands típicos com vendas de artesanato, especiarias, comidinhas, artigos de decoração, tapetes, pashiminas, jóias, pérolas e etc… De vez em quando acontecem eventos super interessantes por lá. É o lugar onde se pode observar bem a cultura local e costumes orientais e ao mesmo tempo se sentir muito confortável com aquilo tudo, interagindo, negociando e experimentando.

Perder-se por essas ruazinhas do Souk é uma experiência incrível… Os aromas, sabores e cores desse lugar são inesquecíveis.

O Museu de Arte Islâmica(fotos abaixo) construido sob o mar, com seu parque anexado é também um lugar que foi incrivelmente projetado e executado.

        O maior parque urbano de Doha se chama Aspire Park com direito a lago, patinhos e tudo o mais, esta construído nele um super hotel e uma zona de prática esportes olímpicos. Anexado a ele também esta o shopping Villagio que tem uma espécie de Veneza dentro dele, com suas gôndolas e arquitetura.

Mais Fotos de algumas coisas lindas e curiosas desse lado de lá do Oriente!

994577_10201970770178339_1010584931_n
Um fim de tarde na Corniche
531808_4956817965740_205681852_n
Uma homenagem a pérola… merecida! Eles usufruíram e usufruem da atividade do mercado de pérolas até hoje. O monumento encontra-se na orla principal da Corniche.
1383042_10206100596221409_3474523784243087749_n
Marsa Malaz Hotel 6 estrelas – lindo de viver.
11205507_10206085523404598_4873713523393892815_n
Marsa Malaz Hotel

    Haverão outros posts sobre o Catar, ainda falta falar sobre como é a cultura local, a interação, o mercado de trabalho,  a comunidade brasileira, a gastronomia, as experiências de trabalho, como é o sistema publico de saúde, como é gerar e ter um filho lá, a vida para as crianças, a educação, o trânsito e as atrações naturais (esculturas do deserto, praias, manguezais e etc). Aguardem 🙂

Um viva a diversidade, a tolerância, ao amor entre as pessoas independente de qualquer circunstância!

Massalama! Até logo!

Tens uma parada com a Qatar Airways em Doha?

Queres conhecer mais sobre a cidade que sediara a copa em 2022…

Quer um tour Qatar + Sudoeste Asiático?

Quer ideias de roteiros pela Asia, quer saber como economizar no aéreo em viagens para o outro lado do mundo?

Peça já seu orçamento!

Reservas / Consultoria/ grupos ou maiores informações:   takeabreakeviaje@hotmail.com

Porto – A cidade encantadora do Douro, do mar, dos vinhedos e de muita poesia.

          Em Julho de 2016 nós tivemos o privilégio de conhecer essa cidade linda de Portugal, passamos 20 dias por lá explorando devagarzinho praticamente saboreando a cidade lentamente para sentir sua essência, com intuito de em um futuro próximo estabelecer residência por lá.

               Pois bem, ficamos hospedados no hotel Mercure Porto  que têm uma localização incrível. Perto de todo o movimento, no centro histórico, próximo a Estação de metrô São Bento. A vista do quarto era incrível. Descemos e a primeira impressão foi de uma cidade bem antiga, bonita, com muitas ladeiras e ruazinhas. Por conta das ladeiras eu achei a cidade um pouco confusa pois não entendi bem onde as pessoas moravam, onde haviam shoppings, escolas, parques… Parecia uma cidade pequena, histórica, à beira do rio. Quando depois de alguns dias explorando nós  entendemos a cidade e percebemos o quão grande era (em termos de Portugal).  Vila Nova de Gaia (o outro lado da ponte) é onde a maioria das pessoas moram. O bairro de Matosinhos, Foz e Boa Vista, perto das praias, são também bairros residenciais muito bons.

        A grande magia do Porto ,na minha opinião, veio ao perceber que sua grandiosidade não inibe sua originalidade e que tudo ao redor da cidade respira natureza, e que o mix de suas paisagens (Rio, Mar, o verde dos vinhedos e História) é algo único no mundo.

      A cidade do Porto existe desde alguns anos antes de Cristo. E durante sua história ela teve influências francesa, inglesa, romana e muçulmana. Muito se vê como legado em sua arquitetura. Seu centro histórico é Patrimônio Mundial , o vinho do Porto é famoso mundialmente e a cidade foi considerada melhor destino Europeu neste ano de 2017. Não é pouca coisa não…e a cidade respira muita tranquilidade e atualmente um ar de positividade toma conta não só do Porto mas de Portugal como um todo. Que o digamos nós brasileiros que estamos a invadir o país e que devemos estar levando também muita positividade e otimismo , o que tem faltado no Brasil nesses últimos anos. Uma onda de empreendedorismo e negócios online têm tirado Portugal da crise econômica e o Turismo está no seu melhor momento.

              Mostro-lhes o encontro do Rio Douro com o Mar, o farol Molhe do Douro. É possível chegar fazendo uma caminhada tranquila desde o centro histórico . A paisagem muda bastante, o caminho é amigável … Vai beirando o rio até chegar ao Castelo do queijo que encontra-se depois da Foz do Douro. É um passeio Incrível. Segue algumas fotos:

          Perto do Castelo do queijo, foto acima, está o Parque da cidade. Super grande, rústico, com quadras de esportes, lago com patinhos, espaço para piqueniques e lanchonete. O parque é muito bem conservado e bonito. Maravilhoso para um passeio em família ou para ter um contato 100% com a natureza, é sem dúvidas um lugar de muita paz.

           Voltando do parque da cidade  pela Avenida Boa Vista, em direção à casa da música, percebe-se uma cidade diferente, mais moderna, residencial e elegante. A Casa da música é uma atração à parte e merece a devida atenção. Palco onde muitos brasileiros famosos se apresentaram e continuam a se apresentar cada vez com mais força. A Casa funciona como uma espécie de museu também, tem espaços destinados à crianças, e possui visita guiada.

          Pertinho da Casa da música tem um espécie de mercado, bem estruturado, onde rola música ao vivo e pode-se saborear muitas comidas deliciosas com uma diversidade grande e de quebra tomar aquele vinhozinho delícia, cerveja ou um drink especial. Se chama Mercado do Bom Sucesso, segue fotos:

            Algumas cidades bem interessantes ao redor do Porto merecem ser visitadas: Braga, Guimarães, Aveeiro e Espinho. O transporte de trem é maravilhoso com tarifas baixas e trajetos curtos.

Outro lugar imperdível é o Jardim do Palácio de Cristal ( todo feito no estilo romântico com vista para o Rio Douro).

28947407_10214554211836516_527229647987382145_o
Jardim do Palácio de Cristal

          Em Vila Nova de Gaia (o outro lado da ponte) tem um shopping o  El Corte Inglés , com ofertas imbatíveis , com tudo o que se possa imaginar. Uma boa para quem quer comprar aquela coisa especial, de marca, por um preço bacana. Ou para um lanchinho, cafezinho ou refeição rápida. De lá para o centro é uma reta só pegando o metrô e passando por cima da ponte Dom Luis com aquela vista linda lá de cima, do rio Douro.

el_corte_ingles-emprego-2-1024x678-4

       Em Vila Nova de Gaia tem também  as adegas e vinícolas, imperdível para os amantes de vinho como eu. Segue lista:

Lista de Vinículas e Adegas em Gaia

Algumas comidinhas, é claro:

Algumas fotos do Centro histórico e da ribeirinha (onde você vai certamente escutar vários bons músicos brasileiros tocando pra galera).

Um vídeo bacana e bem feito que eu recomendo para um panorama geral visual:

E se estás planejando aquela trip para o Norte de Pt e…

Precisa de traslado chegando no aeroporto? Quer passar um dia inteiro ou metade do dia, passeando sem se preocupar muito em fazer tudo o que todo mundo faz, desenhar seu roteiro na hora, no seu tempo, com assistência de quem é português ou brasileiro?

Ir um pouco mais longe pelo rio Douro deliciando-se pelos restaurantes e caves de vinho? Ou simplesmente conhecer devagarzinho e mesmo assim conseguir em 2 dias chegar na Espanha (no melhor da Espanha) em um balneário medieval à Beira-Mar…rodeado por ilhas e parque.

Fala com a gente…aqui não tem regras…você desenha seu roteiro, nós agregamos, conversamos e fazemos junto!  Vamos descobrir Portugal…chegou a nossa vez!

Fiquem super a vontade para solicitações, dúvidas e orçamentos :

takeabreakeviaje@hotmail.com ou portoroutes@gmail.com

Peça já seu orçamento!

Até breve!

Karolina Maia