Vou começar mencionando o nome de um homem muito, mas muito importante mesmo para a história dessa nação,  Lee Kuan Yew . Este ilustre homem foi responsável por  implantar as reformas econômicas que fizeram com que Cingapura deixasse de ser um país de terceiro mundo — praticamente uma favela a céu aberto — e se transformasse em um país de primeiro mundo, com uma renda per capita muito superior à americana. Yew desenvolveu o modelo de Cingapura por pura necessidade.  Além de não possuir recursos naturais, Cingapura não possuía nenhuma terra fértil na qual desenvolver atividades agrícolas.  Ou seja, não havia nem como plantar comida nem como extrair petróleo no país.  Logo, ele teve de recorrer ao comércio global. (Fonte (Mises Brasil.Org)

20170416-cingapura

      Pois bem, em 1965 a Cingapura tornou-se independente da Malásia, na verdade o país foi praticamente expulso de lá. Cingapura era uma mancha estéril, improdutiva e sombria em uma das mais perigosas regiões do mundo.  Com efeito, a renda per capita de Cingapura em 1965 seria equivalente à de um país como Angola ou Kosovo hoje, ajustada pela inflação.

    Com estratégias muito inteligentes, Le Kuan foi um visionário. Ele prezou pelos seguintes aspectos: moeda forte e saudável , nada de ajuda internacional, setor privado forte, respeito à propriedade, punição severa ao uso e trafico de drogas e investimentos fortes na área da educação como um todo.

    Lee Kuan Yew percebeu com clareza que a única maneira de um país sem recursos naturais como Cingapura ter alguma vantagem competitiva era se convertendo em uma região livre e segura no mercado global, uma região em que investidores pudessem investir e poupar sem medo de expropriações:

Somos o país com menos recursos naturais em toda a nossa região; portanto, só nos resta sermos honestos, eficientes e capazes.  […] Cingapura tem as qualidades para ser a Chicago ou a Zurique da Ásia Oriental.

E então com muito trabalho duro Cingapura  tornou-se um dos tigres asiáticos e além de tudo é um espetáculo de beleza, modernidade e multiculturalidade.

     Agora vou lhes contar sobre a viagem que fiz para lá em 2012. Queria fazer uma viagem equilibrada então juntei a beleza rústica, tropical e espiritual de Bali – Indonesia (leiam aqui)  com toda a modernidade e organizacão de Cingapura. Foi perfeito e super equilibrado (em gastos também ) ja que Bali tem um custo dia/dia bem menor que Cingapura.

  Cingapura é composta por malaios, chineses e indianos. A diversidade cultural do país propicia a convivência entre pessoas de diferentes religiões: taoístas, budistas, muçulmanos, cristãos e hindus. Cingapura está repleta de templos, aos quais se deve ir adequadamente vestido, sem deixar ombros ou joelhos à vista. Além disso, é obrigatório tirar os sapatos antes de entrar nos locais de culto. Todas as culturas convivem em um ambiente social pacífico e respeitoso.

Segue algumas fotos dos bairros: Little índia , Chinatown e Kampong Glam.

   A música e o teatro são muito importantes. A ópera chinesa, proveniente da dinastia Ming, é muito valorizada, com sua original mistura de diálogos, canções e danças. É muito comum observar apresentações populares nas ruas, especialmente durante o Ano Novo Chinês. Uma das mais famosas é a Dança do Leão, que contém números de acrobacia e é encenada sobretudo durante os festivais tradicionais chineses.

   É importante dizer pra vocês o que mais me marcou ao chegar na ilha de Cingapura, desde lá de cima do avião eu pude perceber o quão verde e preservada era aquele país tão moderno e então chegando lá embaixo a gente acaba mesmo ficando boquiaberto com a as estruturas dos prédios tão modernos praticamente abraçando todos as plantinhas, tudo feito de maneira sustentável e incrível. Um grande exemplo de lugar assim por lá é o Gardens By the Bay(Jardins da Baía) , são imensas estruturas metálicas com passarelas nos meios das plantações, estufas, jardins,museus e espécies de animais e etc. Mais informações sobre esse lugar incrível click aqui.

Algumas Fotos:

 

       O lugar mais conhecido de Cingapura, onde estão os hotéis mais caros, a zona mais turística e moderna é o bairro de Marina Bay, onde se pode apreciar a imensa roda gigante, o hotel Marina Bay Sands (com aquela piscina de borda infinita) esse hotel é aberto a visitação também,  na área tem também o Merlion Park, o Rafles e pode-se encontrar os melhores restaurantes. É importante que saibam que o sistema de transporte publico é incrível, o metrô super moderno de alta velocidade cobre toda a cidade, esta tudo em inglês  e é super tranquilo de entender e fazer tudo através dele.

 

     Numa outra pequena ilha pertinho está a ilha de Sentosa (considerada a ilha do entretenimento de Cingapura) que abriga grandes hotéis, uma praia linda e badalada e o parque da Universal Studios. Para chegar lá tem vários passeios saindo do próprio hotel (indo de ônibus) e tem também o metrô que sai do shopping Suntec Mall e tem o teleférico. O shopping é uma atração a parte e vale a pena pegar o transporte a partir de lá.

 

  À noite de Cingapura tem que ter parada obrigatória da Clark Quay, uma espécie de complexo turísticos a beira do rio, ao lado de um shopping com centenas de restaurantes, bares e baladinhas. Tudo iluminado, organizado, divertido e saudável. Uma das noites mais legais que passei  por aí afora foi sem dúvida em Cingapura. A multiculturalidade esta presente à com seus bares latinos, brasileiros, americanos, asiáticos, budha bar, apresentações de dança do ventre, dentre outros.

Como ficamos por lá só 4 dias, faltaram algumas atrações mas posso citar aqui o que pode ser bem interessante fazer também:

Museu de Civilizações Asiáticas

ArtScience Museum em Marina Bay Sands

Singapore City Gallery

Um video do Expedia pra vocês terem um panorama geral bem bacana desse país tão incrível:
Adiós amigos, hasta la vista!

Reservas / Consultoria/ grupos ou maiores informações:   takeabreakeviaje@hotmail.com

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s