A Invicta cidade do Porto de Portugal

“Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta cidade do Porto”

Com certeza já ouviu estas palavras quando se fala na Cidade do Porto Portugal.  Mas sabem de onde vem esta expressão?

Antiga:

a Invicta cidade do Porto Portugal e seu nome tem origem num povoado pré-romano. Na época designava-se Cale ou Portus Cale, sendo esta a origem do nome de Portugal.

A palavra Portus, tem como significado a vida comercial e o desejo de um povo pioneiro na descoberta do desconhecido. Desde muito cedo, o Porto revelou o seu empenho e potencial na construção naval, quer a nível industrial, quer a nível comercial.

Mui Nobre:

Foi capital europeia da cultura em 2001 (Porto 2001) e acolheu vários jogos do Campeonato Europeu de Futebol de 2004, nomeadamente o jogo de abertura.

A região da cidade do Porto é onde se situam a maioria das pequenas e médias empresas do país, sendo também a que mais contribui para as exportações nacionais, sendo a única região que exporta mais do que importa. A Região Norte produz 40% do valor acrescentado do país e tem 50% do emprego industrial, tendo uma taxa de cobertura das importações pelas exportações de 129%, contra a média nacional de 74%.

As relações económicas entre a cidade do Porto e o vale do Douro estão bem documentadas desde a Idade Média. Nozes, frutos secos e azeite sustentaram um próspero comércio entre o Porto e a região. Do Porto, estes produtos eram exportados para mercados externos no Velho e no Novo Mundo.

O Vinho do Porto – Único no Mundo

No entanto, o grande impulso ao desenvolvimento das relações comerciais inter-regionais veio da agro-indústria do Vinho do Porto. Esta atividade desenvolveu decididamente a relação de complementaridade entre o grande centro urbano do litoral e esta região de enorme potencial agrícola, particularmente vocacionada para a produção de vinhos fortificados de grande qualidade. O desenvolvimento do Porto esteve sempre intimamente ligado com a margem sul do Douro, Vila Nova de Gaia, até 1834 parte integrante do seu termo, onde se estabeleceram as caves para envelhecimento dos vinhos finos do Alto Douro.

Sempre Leal:

Para esse termo “Sempre Leal” não podemos deixar de citar a lealdade de seu povo para com D. Pedro e sua resistência ao Cerco do Porto que fulminou junto com as idéias liberais e quebra da monarquia em Portugal.

A sua relação inquebrável com o Douro e o Atlântico sempre foi inegável. De notar o apoio imediato do povo ao Mestre de Avis, em 1385, para a expansão ultramarina, que lhes garantiu o título honroso de “tripeiros”. Reza a história que o seu compromisso era tal, que cederam todas as carnes limpas da cidade às naus, ficando, assim, apenas com as tripas como alimento. Mas os portuenses sempre tiveram no sangue o desenrasque e fizeram delas um prato muito apreciado que, ainda hoje, é tradicional da cidade e conhecido como “Tripas à Moda do Porto”. Seu povo doava as melhores partes das carnes para os Navegantes de D. Afonso Henriques em apoio as Navegações que fizeram de Portugal uma das maiores nações do mundo da época.

Invicta

Invicta quer dizer Invencível, porém recuando na história, a cidade foi tomada pelos mouros em 715, sendo reconquistada por Vimara Peres em 868. Depois, não há registos de nenhum ataque significativo, mas o espírito invencível sempre esteve lá. É no século XIX que nasce o principal motivo do título “Invicta”.

O Terrível Terremoto de 1755 não atingiu a cidade do Porto por isso e por outros fatores também o Porto é chamado de cidade invicta.

A Invicta cidade do Porto Portugal

Para Ingressos para o Lendas do Porto, passeios de Barco e outras experiências culturais, de turismo e exclusivas, além de transportes:

http://www.portoroutes.com

Para maiores informações sobre passeios em Portugal preencham o formulário abaixo e teremos prazer em ajudar!

Turismóloga e Escritora da Take a Break & Viaje

 

Anúncios

Deixe uma resposta